sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Que caminho seguir?




E a menina perdida no pais das maravilhas encontrou um gato esquisito em cima de uma árvore. Ansiosa ela pergunta. "qual é o caminho certo?" O gato muito sereno responde: " mas aonde voce quer chegar?" "Eu nao sei" respondeu a menina. O gato transbordando tranquilidade responde "Então qualquer caminho serve."




Quando eu consegui colocar tv a cabo na minha casa era alegria todo dia. "São tantos canais!!" "Ah eu quero ver isso eu quero ver aquilo..." Chegava a colocar lembrete no celular pra despertar só pra poder assistir os tais filmes, programas e series. O problema era a indecisão. Opção demais, variedade de mais. O ser fica perdido de controle na mão. E assim segue na vida. Eu descubro todo dia um gosto e aptidão diferente. Não to dizendo que sou uma desgovernada, perdida que não sabe em que canal parar. Só digo como que é cada vez mais dificil fazer escolhas. Escolhas sem arrependimentos. "Será que se eu tivesse escolhido a outra coisa era melhor?" Até se nao escolhemos, escolhemos. Ora vejam só. E ai fica que nem Alice. Que caminho seguir?




Entrei na faculdade. Ai que é uma loucura. São tantos cursos legais. Tanta diversidade. Acho que gosto de tudo. Depois acho que não tenho nada a ver com aquelas coisas. Mas gosto de arquitetura.




O que se precisa é de rumo. Saber aonde quer chegar como disse o gato. Por que se em meio a loucura de um "País das maravilhas" com coelhos apressados, rainhas arrogantes, chapeleiros insanos, varios cursos maneiros, conseguirmos ter certeza e convicção de onde queremos ir e chegar, saberemos o caminho ate se parecermos perdidos.




Mas se continuamos nessa eterna indecisão e deixar com que a vida faça nossas escolhas porque escolhemos nao escolher, "Qualquer caminho serve..."




Vou começar pela televisão. "Eu tenho certeza que eu quero esse canal..."